20 de enero de 2018

#Lula Poesia em tempos de ditadura do Judiciário

Advogados de negro circulam por cima da minha cabeça
e um deles após voo rasante
me derruba
no meio do lodo, da lama, do nada.


E agora estou aqui - entre milhares d'almas - 
a pensar no meu fim.



No hay comentarios:

Blog Archive