9 de agosto de 2016

Jason Bourne



Mais do mesmo. É como se fosse um baita pastel, mas com péssimo recheio. Vale a pena pelo começo e final do filme e só.

Blog Archive