3 de octubre de 2009

Do Rio 2016, dos políticos e outras alucinaçöes

A minha paixäo pelo Rio (e pelas cariocas) näo é recente nem oportunista. Mas devo confessar que ontem estava jogando no time dos céticos. Muito dinheiro seria gasto, muito ufanismo seria derramado; e poucas melhorias seriam vistas, poucas medalhas seriam conseguidas. Mas - sempre tem um mas - repentinamente me vi contagiado pelo entusiasmo e alegria, me vi torcendo e celebrando. E quando ouvi na rádio e vi na TV as palavras: HIO DER HANEIRRRO - fiquei feliz. Fiquei feliz por um país que tem tudo pra dar certo. Fiquei feliz por um povo que sofre mas näo esquece de sorrir toda vez que acorda de manhä. Fiquei feliz por um presidente que chora compulsivamente quando fala o que sente. Enfim, fiquei feliz e quem sou eu pra contrariar a felicidade das maiorias. Quem sou eu pra contrariar a poderosa rede Globo que dedicou um bloco inteiro do telejornal a falar bem do Lula. Deixem chorar as viúvas de FHC em paz. Deixem o bairro de Higienópolis (favor näo confundir com Heliópolis) arder de inveja e raiva. Sorry, eu sou periferia. Sorry, eu vou tomar conta de Maresias.
Rio 2016 vem aí!

No hay comentarios:

Blog Archive