8 de octubre de 2008

Crise? Vivo em crise há muito tempo.

Sou leigo em economia, devo admitir, mas sei por experiência e sofrimento próprios, que a crise para a maioria da população é de longa data. E agora com a desgraça globalizada, com o swap reverso, com o subprime e o target forward, a crise vai subir alopradamente para a cobertura. Sinceramente, não consigo entender como a elite branca tã bem nutrida, formada nas FGV da vida e com doutorado nos States, não conseguiu prever tanta loucura, tanta estupidez. Ouvi hoje de manhã que uma condição sine qua non para o sucesso é ter um plano. Bom, aí eu perguntei para os meus botões, o Lehmann Brothers também não tinha um plano, uma estratégia? Será que a Sadia (para uma vida mais gostosa) não tinha um planejamento financeiro? Pelo visto, ter um plano apenas não basta. Alguns irão argumentar, que além de ter um plano e necessário saber implementá-lo. Tudo reside na sua boa execução. Sei lá, mil coisas. Lembrei de um ditado quase popular: "Os americanos planejam rápido e executam lentamente; os japoneses demoram no planejamento e implementam rápido". Agora tanto faz. Todo mundo entrou em pânico. E tem muita gente que lucra com isso. Financeira e politicamente falando( basta ouvir as baboseiras que o FHC anda falando por aí). Eles são como urubus à espreita. Quanto pior, melhor. Que a crise venha para o Brasil com tudo. Que o sistema financeiro entre em colapso, que os bancos decretem falência, que a recessão e o desemprego tomem conta de vez da nossa já miserável vida. É como aquela velha história do surto de Febre Amarela. Não foi uma epidemia, mas que vendeu jornal, vendeu - pode crer...$$$$$$ Em tempo: Acabei de ler que o número de consultas por um Terapeuta (Analista - Psquiatra etc) aumentou 16% na Espanha. Mais um que tá lucrando com a crise.

No hay comentarios:

Blog Archive