15 de febrero de 2007

COMO SERRA "COMPROU" O “AEROSERRA”

Paulo Henrique Amorim

Máximas e Mínimas 156

. A colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, informou nesta quarta-feira, dia 14, que o Governador José Serra comprou um avião que Geraldo (choque de gestão) Alckmin tentou vender e Claudio Lembo vendeu. (Clique aqui para ler a Mônica Bergamo - só para assinantes da Folha)

. Não foi propriamente uma compra. Veja só:

. Durante a transição Lembo-Serra (entre novembro e dezembro de 2006), ficou acertado que o avião seria devolvido ao Governo de SP. A CTEEP (Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista) comprou a concessão de uma linha de transmissão de energia do Governo e pagou com o avião. Trata-se de uma linha do complexo formado por duas usinas (usina de Porto Primavera e usina de Taquaruçu). Essa linha liga São Paulo a Mato Grosso do Sul..

. Ou seja, a CTEEP comprou o avião. E depois comprou a linha de transmissão de energia com o mesmo avião.

. Quer dizer: pode-se dizer que a CTEEP ficou com uma linha de transmissão de energia por um avião que não era dela, mas do Governo de São Paulo...

. Será que o Tribunal de Contas de São Paulo viu isso?

. E a Assembléia Legislativa de São Paulo?

. Para ajudar a esclarecer essa questão, vale a pena lembrar o que disse a imprensa conservadora, especialmente de São Paulo, sobre o “AeroLula”.

No hay comentarios:

Blog Archive