19 de septiembre de 2009

Juro que tentei

Tentei, tentei e tentei,
mas cansei de mim mesmo.
A mesma cantinela todos os dias. A mesmas desculpas.
Preciso crescer.
Longe de mim querer ser o dono do Universo.
Ser o verbo e a palavra.
Ser a luz e a sombra.
Quem dera.
Nada mais me apetece.
Nada mais me atrai.
Nada me seduz.
Quero ser o teu aconchego.
Quero ser a tua perdiçäo.
Ser a tua ùltima chance.
(ainda em construçäo).

No hay comentarios:

Blog Archive