23 de enero de 2012

Quase 30 anos de quase poesia II

A paixão nasce
cresce
se reproduz
e morre
(e eu vou junto).

No hay comentarios:

Blog Archive