1 de septiembre de 2010

O final de Law & Order

Um crime. Algo que parece ser simples torna-se complicado. É necessário descobrir o culpado. Denuncia-lo. Reunir as provas, testemunhas, depoimentos e aguardar o resultado do julgamento. Em paralelo, acompanhar o dia-a-dia dos policias e seus problemas particulares. Os dilemas morais dos promotores. A sujeira por baixo do tapete. As armadilhas. A competição insana. A briga pelo poder.



A sensação de desconforto toda vez que algo termina é de fato inquestionável. Mas de algo bom, diga-se de passagem. Law & Order é (ou foi) um marco na televisão. Um seriado com 20 temporadas não é para qualquer um. E como já disse antes, muito seriado norte-americano dá de 10 a 0 em qualquer novela ou seriado tupiniquim. E não é pela qualidade técnica. É pela ousadia em tratar de temas espinhosos, cabeludos e atuais. Lembro até hoje, do primeiro capítulo da última temporada. Tratou da tortura com uma virulência e poder de argumentação devastador. E tal um David dos tempos modernos, acusou abertamente a política de estado dos EUA et caterva, fazendo sérios questionamentos morais sobre Bush Jr e cia. Isso tudo, em apenas 40 e poucos minutos! Enquanto isso, a TV brasileira continua no arroz com feijão, sem ousadia temática e muito menos de conteúdo. Pode até inovar na liguagem televisiva, mas sem agredir o status quo. Pode ter lampejos de criatividade (Capitu), de hiper audiência (Roque Santeiro) ou de crítica social (Vale Tudo, O Dono do Mundo), mas nada comparável aos seriados da gringolândia (ou algum seriado brasileiro já teve a coragem de denunciar o trafico de crianças do Haiti nos EUA ou a prostituição infantil no Brasil, por exemplo?). A crítica social da TV brasileira limita-se a alguns indivíduos. A uma determinada classe política. A um determinado local bem delimitado. A sociedade como um todo é pega de surpresa. Vivemos alheios. Não temos culpa. A corrupção é feita e recebida pelos outros. Nunca por nós e muito menos por aqueles que assistem a novela das oito (pois como diria o sábio William Bonner, somos todos um bando de Homers Simpson).

É fato. Law & Order vai deixar saudades. Assim como aconteceu com E.R. e Arquivo X.

E para quem não está tão familiarizado com o seriado, aqui vão dois links falando do assunto:http://pt.wikipedia.org/wiki/Law_%26_Order 
http://sharetv.org/shows/law_and_order

No hay comentarios:

Blog Archive