22 de enero de 2010

O manto da depressão desce em mim na figura de um sono profundo
e não há como escapar.

No hay comentarios:

Blog Archive