1 de mayo de 2009

Nada

Nada me atrai, nada me provoca e continuo à deriva.

1 comentario:

Cassia Domingues dijo...

Há períodos em que o melhor a ser feito é boiar, gastando-se menos energias e esperando as "ondas" se acalmarem.Nem sempre ficar á deriva é ruim...

Blog Archive