19 de mayo de 2009

Não reeleja ninguém (ou a estultice levada a extremos)

Mais uma vez, os laranjas de sempre usam das suas prerrogativas democráticas para lançar um movimento político, rapidamente diseminado pela internet. Lembra o natimorto Cansei das elites paulistanas. Mal sabem eles, que estão sendo manipulados pelos mesmos políticos que dizem detestar. Ou por acaso, caso ninguém se reeleja, vai sobrar quem ou o quê? A bancada dos evangélicos, dos ruralistas, da grande mídia, dos lobbyes de tudo que é safado que anda por aí (tipo Dantas e cia.). Parece que aquela velha história do "caçador de marajas". Tolos aqueles que pensam que apostar num candidato que se diz anti-candidato ou alheio ao status quo, não irá virar a mesma merda quando chegar no poder. Nem precisa ir muito longe na história republicana, basta citar o Collor e Fujimori no Perú.
Não sei o que é pior, aquele que se presta a divulgar uma pseudo proposta moralizadora, fazendo o jogo da direita mais retrógrada, ou os jornalistas que de forma irresponsável apoiam o movimento velada ou abertamente, tipo Boechat na IstoÉ (e na BandNewsFM) ou Marcelo Tas no Twitter ( http://twitter.com/marcelotas).

No hay comentarios:

Blog Archive