26 de abril de 2009

Soninha, a primeira dama do Município de São Paulo

Já era por demais suspeito, a dita cuja abandonar o cargo de vereadora para candidatar-se numa elição à Prefeitura (sabendo de antemão que não teria nenhuma chance). Mas na política, como já é sabido, os fins justificam os meios. Sabrina apenas concorreu para tirar votos da Marta Suplicy e conseguir uma vitória folgada do Kassabinho. Qual
 foi o prêmio: a sub-Prefeitura da Lapa!
Não sei como ela ainda diz ser budista, pois o a filosofia budista prega a compaixão, uma vida sem vícios e o abandono das delusões (entre outras coisas). E pensar, que fiz campanha pra ela...na época do PT. 
(nem vou falar do partido o ex comunista PPS, aliado do DEM, ex PFL, ex PDS, ex Arena). 

No hay comentarios:

Blog Archive