4 de julio de 2008

O dia em que o Speedy parou!

Fiquei pasmo com o problema seríssimo da Telefônica, mas fiquei mais pasmo ainda com a falta de preparo técnico das empresas e órgãos públicos afetados. Será que ninguém do TI pensou ou planejou uma contingência para tal situação? Cadê a redundância, o plano de emergência? Esse pessoal do TI ganha tão bem e acha que sabe de tudo, mas na hora H fica sempre a desejar.

1 comentario:

Anónimo dijo...

Klaatu passou por aqui

Blog Archive