11 de junio de 2008

Denise Abreu roubou e depois fumou o meu charuto cubano

A primeira reação é de raiva. Fico pasmo de ver certos jornalistas experientes a falar besteira ou simplesmente a distorcer os fatos. Hoje à tarde na CBN tive o desprazer de ouvir o Paulo Moreira Leite (que era da veja e agora está na época - grande merda). Fez um comentário pra lá de superficial do depoimento da Denise Abreu no Congresso. Segundo ele, como a depoente mostrou coerência, firmeza e segurança, tudo aquilo que ela alega tornou-se verdadeiro. Quer dizer, às favas com as provas! O importante é não se contradizer, se há ou não verdade nos fatos relatados, tanto faz, não faz qualquer diferença, quem se importa. Se a realidade não se adequa à nossa "verdade", foda-se, publique-se a suposta verdade. - parêntesis - Lembrei de um filme antigo (97) que assisti recentemente na TV a cabo. Refilmagem de um clássico de Billie Wilder, o Quarto Poder ou Mad City. Vale a pena. - parêntesis - Bom voltando à versão que vira verdade sem precisar de provas. A partir de agora, posso ir no Congresso a qualquer momento e dizer em alto e bom som, que foi a Denise Abreu que roubou e fumou o meu charuto cubano. E se alguém perguntar-me pelas provas, eu responderei candidamente, perguntem ao Paulo Moreira Leite, ao Herodoto Barbeiro, ao Reinaldo Azevedo etc etc. ****** eu não defendo o governo, apenas fico puto quando vejo tanta estupidez escrita, falada e televisionada (como costumava-se dizer nos tempos da faculdade) ******

No hay comentarios:

Blog Archive