4 de junio de 2009

O CORPO QUE CAI

Corpo que mata a fome.

Corpo que se prostitui e dá prazer.

Corpo que se destrói em mil pedaços.

Corpo que cheira mal e apodrece.

Corpo mole que me conduz

me seduz

me trai

se esvai

me esquece.

No hay comentarios:

Blog Archive